Google reforça que links dofollow em widgets geram punição

524
2
Share:
ctr-ux-fator-de-ranqueamento

O Google fez hoje (08/09/16) um post no blog oficial para webmasters em inglês alertando sobre links dofollow em widgets.

Os links em widgets foram largamente utilizados no passado por SEOs para link building, a estratégia consistia em criar um widget útil e divulga-lo para que fosse utilizado no máximo de sites possíveis. Alguns exemplos mais comuns eram os widgets de contadores de visitas, calculadoras e previsão do tempo, normalmente esse widget carregavam além da funcionalidade um link para o site do criador do widget, gerando assim um back link dofollow.

Segundo as regras do Google esse tipo de link não é contextual e por isso é contra as guidelines e passível de punição, os widgets podem ser criados e compartilhados e inclusive continuar contendo links para o site do criador mas deve obrigatoriamente ter a tag nofollow.

Aparentemente o Google vem percebendo um aumento ou manutenção desse tipo de estratégia por isso fez esse post para “relembrar” que a prática é contra as guidelines e que ações manuais serão tomadas para punir sites que se beneficiem desse tipo de link.

O Google reafirma que se você recebe links de widgets deve procurar os donos dos sites para que eles coloquem o nofollow ou removam o link. Se você tem um widget em seu site apontando para outro, verifique se ele contém um link e insira nofollow ou retire o link por inteiro.

Abaixo imagens do post original com exemplos de widgets:

Muito comum o contador de visitas, repare a representação do link com ancora “best free hit counter”:

widget-contador

Widget de gráfico, muito usado para preços ou cotação de moedas, perceba os links com ancoras definidas em azul logo abaixo do gráfico:

widget-grafico

Widget de vídeo, veja o link com ancora definida em azul:

widget-video

Imagens post original: https://webmasters.googleblog.com/2016/09/a-reminder-about-widget-links.html

Rafael de Souza

Rafael de Souza

Meu nome é Rafael Faria de Souza, tenho formação em administração de empresas e tecnologia em sistemas para internet, atuo na área de tecnologia e internet desde 2005.Iniciei meus trabalhos na área com desenvolvimento de sites e em seguida me aprofundei nos estudos de links patrocinados e SEO.

Mais artigos - Website

Siga-me:
Facebook

Share:

2 comments

  1. Rodrigo Sousa 8 setembro, 2016 at 14:10 Reply

    Eu concordo totalmente com essa decisão do Google. Não quero desmerecer o autor dos widgets (até porque eles fornecem de graça), mas é visualmente feio e ainda tem essa questão de fazer backlinks forçadamente.

Leave a reply

Não vá embora sem curtir nossa fanpage!

Receba as notícias mais quentes do mercado de Search Marketing e Facebook Ads.