Como o Google vê os links de outros idiomas e países

910
1
Share:
links-outras-linguas

O site The SEM Post destacou uma questão interessante levantada no Google Webmaster Central office hours hangout de terça-feira (03/05), com John Mueller, do Google, sobre links provenientes de outros países ou idiomas.

Essa foi a pergunta específica:

“Estamos arrumando o nosso perfil de links. Será que links de entrada de outros países contam contra você ou são tratadas como menos importantes do que as ligações de seu próprio país ou é só a relevância do site de onde o link veio que importa em SEO.”

Sabemos que existem algumas pessoas que negam automaticamente todos os links de sites que não sejam em inglês. E isso, na verdade, poderia prejudicar o site, já que esses links podem ser de alta qualidade e extremamente segmentados e foram rejeitados simplesmente por não estarem em inglês.

Essa foi a resposta de Mueller sobre como lidar com links de outros países e idiomas:

“Em geral, os links de outros países são bons. Não é algo que você precisa suprimir ou remover ou colocar em um arquivo de disavow. Às vezes, você até obtém links de outros idiomas onde você nem sequer sabe o que está realmente escrevendo sobre o seu site. O que pode também ser algo bom. Então isso não é algo que eu diria que você precisa podar ou afinar lá. A forma como os links vêm para o seu site está essencialmente fora de seu controle na maioria das vezes.”

Alguém levantou a questão que algumas pessoas consideram todos os links de sites não-inglês como problemáticos:

“Às vezes, aqueles links são completamente naturais e às vezes você pega links de spam dos EUA. É uma espécie de, eu acho, a forma como a web é. Só porque é de um país diferente, não é algo que eu vejo como sendo problemático.”

Então alguém perguntou diretamente, se fosse um de seus sites, se ele deixaria os links, e Mueller disse que sim.

A consideração final é que deve-se considerar a contextualidade do link, segundo a resposta de Mueller se o link é contextual ou seja, faz sentido aquele link estar ali, mesmo vindo de um site de outra língua, você pode deixa-lo lá pois ele vai ajudar ao invés de atrapalhar .

 

Rafael de Souza

Rafael de Souza

Meu nome é Rafael Faria de Souza, tenho formação em administração de empresas e tecnologia em sistemas para internet, atuo na área de tecnologia e internet desde 2005.Iniciei meus trabalhos na área com desenvolvimento de sites e em seguida me aprofundei nos estudos de links patrocinados e SEO.

Mais artigos - Website

Siga-me:
Facebook

Share:

1 comment

  1. Rodolfo 6 maio, 2016 at 13:44 Reply

    Também tinha está duvida.
    Entretanto resolvi testar e obtive bons resultados com links de outros idiomas/países.

    Como dito na matéria, se o link for relevante sempre vai ajudar.

Leave a reply

Não vá embora sem curtir nossa fanpage!

Receba as notícias mais quentes do mercado de Search Marketing e Facebook Ads.